segunda-feira, 4 de novembro de 2013

O MUNDO PRECISA DE LOUCOS; LOUCOS UM PELO OUTRO por Madalena Carvalho




Precisa-se de loucos De loucos uns pelos outros! Que em seus surtos de loucura tenham habilidades suficientes para agir como treinadores de um mundo melhor. Que olhem a ética, o respeito às pessoas e a responsabilidade social não apenas como princípios organizacionais, mas como verdadeiros compromissos com o Universo. Precisa-se de loucos de paixão. Não só pelo trabalho, mas principalmente por gente, que vejam em cada ser humano o reflexo de si mesmo, trabalhando para que velhas competências deem lugar ao brilho no olhar e a comportamentos humanizados. Precisa-se de loucos pelo desconhecido que caminhem na contramão da história. Precisa-se de loucos poliglotas que não falem inglês, espanhol, francês ou italiano, mas que falem a língua universal do amor, do amor que transforma, modifica e melhora. Palavras não transformam empresas e sim atitudes. Precisa-se simplesmente de loucos de amor. De amor que transcende toda a hierarquia, que quebra paradigmas; Amor que cada ser humano deve despertar e desenvolver dentro de si e pôr a serviço da vida própria e alheia. As organizações precisam urgentemente de loucos, capazes de implantar novos modelos de gestão, essencialmente focados no SER, sem receios de serem chamados de insanos, que saibam que a felicidade consiste em realizar as grandes verdades e não somente em ouvi-las… Ou resgatamos a inocência perdida ou teremos que desistir de vez da condição de HUMANOS. Qual vai ser a sua atitude?

Madalena Carvalho



P.S.: Quero agradecer especialmente a Vânia Lima, minha mais recente amiga que me ajudou a encontrar a autoria deste texto. Ela é uma verdadeira 'Sherlock Holmes' do nordeste - Fortaleza. Muito obrigada Vânia pela ajuda! Acho muito importante dar os créditos dos textos para os seus verdadeiros autores. É difícil encontrar por incrível que pareça é tanta gente postando e se auto titulando autores! Agora terei uma ajudante de pesquisa de peso. Uma bibliotecária da UFCE. Este blog tá ficando porreta mesmo!! E completando o tema é sempre de bom tom, honesto, justo e ético, além de ser uma obrigação legal fazer isto. Ou seja: Dar a César o que é de César. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário